Milpés mais profundo do planeta descoberto por bióloga portuguesa

Nova espécie descoberta na Abecássia aumenta para 44 as espécies descobertas pela cientista.
Por Lusa|13.02.18

A bióloga portuguesa Ana Sofia Reboleira descobriu na Abecássia o milpés mais profundo do planeta, uma nova espécie que aumenta para 44 as espécies descobertas pela cientista da Universidade de Copenhaga, na Dinamarca.

Com o nome científico de 'Heterocaucaseuma deprofundum', segundo a bióloga, "uma referência ao facto de ser o milpés que ocorre a maior profundidade", a nova espécie foi descoberta a mais de mil metros de profundidade, numa expedição ibero-russa do Cavex Team à gruta mais profunda do mundo, localizada na Abecássia, no Cáucaso Ocidental.

Trata-se de um milpés ou millípede, comummente conhecidos como "maria-café", um animal cavernícola que "vive debaixo de terra e por isso carece de pigmento corporal, tem olhos muito reduzidos, antenas e patas muito longas e alimenta-se de detritos", explicou hoje Ana Sofia Reboleira à agência Lusa.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!