Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Minissaias, calções e chinelos proibidos em escola de Lisboa

Aviso à porta da escola indica aos alunos o tipo de roupa que podem ou não usar.
Correio da Manhã 16 de Setembro de 2021 às 09:03
Cartaz à porta da escola
Cartaz à porta da escola FOTO: Instagram
Uma escola em Lisboa proibiu o uso de minissaias, calções curtos, blusas decotadas ou "cai-cai" e chinelos e a cantora Sónia Tavares partilhou nas redes sociais, esta quarta-feira, a sua indignação perante as regras. O aviso à porta da escola, com desenhos explicativos, indica aos alunos o tipo de roupa que podem ou não usar. 

"Eu, em 1993, ia para a secundária vestida de Luís XV, de canudos no cabelo, sapato de fivela, folhos e calções e nunca a minha individualidade foi posta em questão por qualquer professor ou docente", disse numa publicação no Instagram. "Estou maluca, ou estamos verdadeiramente a andar para trás?", questionou a vocalista dos The Gift. 


Outras figuras públicas já comentaram a publicação, em particular o facto de existir mais restrições quanto às peças de roupa que as raparigas podem vestir. 

A cantora Márcia comentou: "E só há regras para meninas. Isto é inacreditável". Também a apresentadora Ana Markl se manifestou, escrevendo: "Não posso crer". O modelo Luís Borges brincou: "Vou ter de dar toda a roupa da minha filha".
alunos escolas educação roupa minissaias calções chinelos agrupamento escolas cardoso lopes Sónia Tavare
Ver comentários