Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Ministro da Administração Interna afirma papel "decisivo" da GNR na segurança

Eduardo Cabrita anunciou ainda que no decorrer deste ano vai surgir uma nova incorporação de "200 novos militares".
17 de Maio de 2019 às 12:11
Ministro Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Ministro Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Ministro Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita
O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, destacou esta sexta-feira o investimento efetuado na GNR, afirmando que a Guarda tem um "papel decisivo" para a segurança do país.

"É no respeito pelo papel decisivo da Guarda, é na valorização das infraestruturas, das viaturas, do armamento, dos equipamentos de proteção individual, mas sobretudo na aposta no fator humano que se garante aquele que é um valor decisivo, o valor segurança. Sem segurança não há turismo, sem segurança não haverá qualidade de vida para os portugueses", disse Eduardo Cabrita em Portalegre durante a cerimónia de juramento de bandeira do 41.º Curso de Formação de Guardas da GNR.

"No último ano [2018] formamos na Guarda 950 militares, mais do que sucedia há quase uma década. Em 2019 temos com este curso de 400 elementos um reforço adicional que é acompanhado pelos 200 novos guardas florestais neste momento em fase de recrutamento, fazendo renascer a Guarda Florestal, há mais de uma década sem novos efetivos", disse o ministro.

Eduardo Cabrita anunciou ainda que no decorrer deste ano vai surgir uma nova incorporação de "200 novos militares".

De acordo com a GNR, dos 400 guardas provisórios que estão a frequentar o curso no Centro de Formação de Portalegre juraram esta sexta-feira bandeira 195 (161 homens e 34 mulheres).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)