Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Ministro da Agricultura anuncia 1,2 mil milhões de euros para apoiar projetos

Capoulas Santos considera que Prémio eleva autoestima dos agricultores.
Duarte Faria 10 de Março de 2017 às 01:30
O júri e os vencedores das várias categorias do Prémio Nacional da Agricultura no fim da cerimónia, que se realizou ontem no Hotel Ritz, em Lisboa
O júri e os vencedores das várias categorias do Prémio Nacional da Agricultura no fim da cerimónia, que se realizou ontem no Hotel Ritz, em Lisboa FOTO: Inês Gomes Lourenço
O ministro da Agricultura revelou esta quinta-feira que o Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) está em "velocidade cruzeiro" e que já foram contratados 10 400 projetos (dos 32 mil propostos), a que correspondem 1250 milhões de euros de investimento e uma despesa pública de 750 milhões.

O anúncio foi feito durante a cerimónia de entrega de prémios da 5ª edição do Prémio Nacional da Agricultura, iniciativa promovida pelo Correio da Manhã, Jornal de Negócios e BPI. No salão nobre do Hotel Ritz, Lisboa, foram distinguidos 22 casos de sucesso dos setores da agricultura e agroindústria, florestas e pecuária nacionais.

Capoulas Santos associou-se à iniciativa por "dar um enorme contributo para elevar ainda mais a autoestima da nossa agricultura e dos nossos agricultores". Paulo Fernandes, presidente do grupo Cofina, que detém o CM, referiu que a iniciativa é "uma aposta ganha", que "reflete, ano após ano, o sucesso de um setor que é cada vez mais determinante para a economia do País".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)