Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Morreu Ramos Caniço, histórico elemento da Polícia Judiciária

António Ramos Caniço estava infetado com a Covid-19 e tinha perdido a mulher nas mesmas circunstâncias uma semana antes.
Cláudia Machado 5 de Dezembro de 2020 às 19:07
Morreu Ramos Caniço
Morreu Ramos Caniço FOTO: DR

António Ramos Caniço, antigo diretor da Unidade de Informação de Investigação Criminal da Polícia Judiciária, morreu este sábado em Lisboa, aos 68 anos, vítima de complicações da Covid-19. Tinha perdido, uma semana antes, a mulher nas mesmas circunstâncias.

As cerimónias fúnebres têm lugar na segunda-feira, a partir das 11h00, no crematório de Barcarena, em Oeiras.

Aposentado desde 2012, foi ainda director nacional adjunto da PJ (2004/05) e coordenador da Secção de Investigação de Moeda Falsa (1990/96), entre outros cargos. Entrou nos quadros da PJ em 1980.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários