Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Morta em casa há seis meses

O cadáver de uma ex-funcionária da EDP, de 63 anos, foi anteontem encontrado mumificado no interior do apartamento onde residia, na rua Quinta de Coruche, em Paço d’Arcos, Oeiras. A mulher não era vista há cerca de seis meses e a irmã alertou a PSP, que entrou na casa e encontrou um cenário macabro.

13 de Julho de 2012 às 01:00
Rafael e Rosário Ferreira recordam vizinha
Rafael e Rosário Ferreira recordam vizinha FOTO: Filipa Couto

Ao lado do cadáver de Ana Isabel Mendonça, que foi encontrado deitado no sofá da sala, os agentes descobriram uma carta manuscrita, com a data de Janeiro. As autoridades acreditam, por isso, que a mulher estaria morta em casa há seis meses.

Fonte policial disse ao CM que, na missiva, Ana Isabel Mendonça escreveu "sobre os motivos pelos quais estava farta da vida". "Prometeu até tomar comprimidos", explicou a mesma fonte. O cadáver da ex-funcionária da EDP foi levado para o Instituto de Medicina Legal, onde será autopsiado para apurar as causas da morte.

Rosário Ferreira, vizinha de Ana Isabel, disse ao CM que sempre pensou que a mulher "estivesse em casa de uma irmã, em Inglaterra", razão pela qual nunca imaginou que pudesse estar morta em casa. "Nunca dei por qualquer cheiro. Só quando a irmã cá veio e chamou a PSP é que se descobriu que estava morta", concluiu.

Oeiras cadáver mumificado morta casa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)