Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Mulher vai visitar marido ao hospital de Loures e descobre que ele morreu há dois dias

Caso do Hospital de Loures não é único em Portugal.
28 de Junho de 2022 às 11:45
Hospital Beatriz Ângelo
Hospital Beatriz Ângelo FOTO: Pedro Catarino
A Entidade Reguladora da Saúde deu instruções para que o Hospital Beatriz Ângelo, de Loures, e a Unidade Local de Saúde da Guarda garantam "especial cuidado" e celeridade na comunicação de óbitos.

Em Loures, a 21 de setembro de 2021, a mulher de um doente ter-se-á dirigido ao hospital para fazer uma visita tendo sido informada que o marido tinha falecido, dois dias antes, tendo a situação sido descoberta de "forma casual, abrupta e insensível para com a família".

Na Guarda, a reclamante alegou que o pai, com 83 anos, morreu a 21 de janeiro de 2021. Contudo, o óbito só foi comunicado no dia seguinte pela unidade de saúde.
Ver comentários
}