Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Municípios com maior risco de contágio por Covid-19 estão no Norte, Centro e AMLisboa

Dos 47 municípios em risco "extremamente elevado", o nível mais alto da lista, por terem mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias, 39 estão localizados na região Norte.
Lusa 22 de Novembro de 2020 às 01:55
Teste à Covid-19
Teste à Covid-19 FOTO: Getty Images
Os municípios considerados com maior risco de contágio de covid-19 na nova lista que o Governo apresentou no sábado estão localizados sobretudo no Norte, no Centro e na Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Dos 213 municípios que vão estar sujeitos a mais restrições a partir das 00h00 de terça-feira, 82 são da região Norte, 63 do Centro, 41 de Lisboa e Vale do Tejo, 21 do Alentejo e seis do Algarve.

Dos 47 municípios em risco "extremamente elevado", o nível mais alto da lista, por terem mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 15 dias, 39 estão localizados na região Norte.

Entre eles estão o Porto, Braga, Barcelos, Felgueiras, Gondomar, Guimarães, Paços de Ferreira, São João da Madeira e Vila Nova de Gaia.

Estão também considerados como em "risco extremamente elevado" seis municípios do Centro, entre os quais Ovar, Belmonte e Manteigas, e dois do Alentejo: Crato e Portalegre.

A região Centro é a que tem mais municípios entre os 80 concelhos em nível de risco "muito elevado" (por terem entre 480 e 960 casos de covid-19 por 100 mil habitantes).

São 34 concelhos do Centro, 26 do Norte, 16 de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) e quatro do Alentejo neste nível de classificação.

Dos 16 concelhos em risco "muito elevado" em Lisboa e Vale do Tejo, 11 são da Área Metropolitana de Lisboa (AML): Almada, Amadora, Cascais, Lisboa, Loures, Oeiras, Odivelas, Seixal, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

No Centro estão em risco "muito elevado" Aveiro e a Guarda, no Norte Bragança e Vila Real e no Alentejo Mora, Nisa, Reguengos de Monsaraz e Sines.

Em risco "elevado" estão 86 concelhos, dos quais 25 são de Lisboa e Vale do Tejo, 23 do Centro, 17 do Norte, 15 do Alentejo e os únicos seis municípios algarvios com um nível de risco (Albufeira, Faro, Lagoa, Lagos, Portimão e Vila do Bispo).

É em risco "elevado" (por registarem mais de 240 e até 480 casos por 100 mil habitantes) que estão os outros sete municípios da AML (Alcochete, Barreiro, Mafra, Moita, Montijo, Palmela e Sesimbra).

Também estão neste grupo as capitais de distrito Santarém (LVT), Viana do Castelo (Norte), Évora (Alentejo) e Castelo Branco, Coimbra, Leiria e Viseu, no Centro.

Beja, que saiu da lista dos concelhos com risco elevado, é a única capital de distrito em risco "moderado" de contágio de covid-19, o grau mais baixo da lista apresentada pelo Governo, e que inclui 65 municípios.

Portugal continental tem 278 municípios.

O Governo anunciou no sábado as medidas de contenção da pandemia da covid-19 para o novo período de estado de emergência, que vigorará entre as 00:00 de terça-feira, 24 de novembro, e as 23:59 de 8 de dezembro.

O recolher obrigatório continuará a vigorar nos concelhos com maior risco de transmissão do novo coronavírus entre as 23:00 e as 05:00 nos dias úteis e entre as 13:00 e as 5:00 nos fins de semana e nos feriados de 01 e 08 de dezembro.

A medida abrangerá agora 127 concelhos do continente classificados como de risco "extremamente elevado" e "muito elevado".

Nas vésperas dos feriados, os estabelecimentos comerciais vão estar encerrados a partir das 15:00 nestes 127 concelhos.

Mantêm-se igualmente os horários de encerramento dos estabelecimentos comerciais às 22:00 e dos restaurantes e equipamentos culturais às 22:30 nestes concelhos e em mais outros 86 considerados de "risco elevado".

Em todo o território continental será proibido circular entre concelhos entre as 23:00 de 27 de novembro e as 05:00 de 02 de dezembro e entre as 23:00 de 04 de dezembro e as 05:00 de 09 de dezembro. Nas vésperas dos feriados não haverá aulas e a função pública terá tolerância de ponto. O Governo apelou ao setor privado para dispensar também os trabalhadores nestes dois dias.

A partir de terça-feira, as máscaras passam a ser obrigatórias nos locais de trabalho.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários