Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

“Não passei na portagem, é um erro”

José Hélio garante que não circulou na A16, em Belas. Ascendi vai averiguar a situação
2 de Agosto de 2013 às 01:00

José Hélio Oliveira, de 52 anos, ficou estupefacto quando na semana passada recebeu uma notificação da Ascendi para pagar 26 euros por passar nas portagens da A16, em Belas, Sintra. Além do homem, que é natural de Gondifelos, em Vila Nova de Famalicão, nunca ter estado naquela localidade, a matrícula que terá passado nas Scut é da sua mota Suzuki de 50 cc (centímetros cúbicos) de cilindrada e, como tal, não pode circular numa autoestrada.

"Fiquei muito surpreendido quando recebi a carta, nunca passei na Scut de Belas. É um erro. Não sei como isto aconteceu", adiantou ao CM José Hélio.

Segundo a notificação, José Hélio teria passado nas portagens no dia 28 de dezembro do ano passado, às 17h48. O motociclista já tem em sua posse um documento da empresa onde é funcionário, que comprova que esteve a trabalhar das 14h00 às 22h00. José Hélio – que comprou a mota há um ano em Matosinhos – já contactou entretanto a Ascendi.

A empresa concessionária da A16 suspendeu, entretanto, o pagamento da multa, até que seja averiguado o que realmente aconteceu.

"Entreguei à Ascendi o documento que comprova que estive a trabalhar. Fiquei mais descansado, disseram que iam tentar perceber o que se passou. Agora vou esperar por uma resposta", referiu José Hélio, que espera não ter mais problemas do género no futuro.

"Só quero que fique tudo esclarecido, sei que não é muito dinheiro, mas a responsabilidade não é minha. A mota está quase a cair aos pedaços, comprei-a em segunda mão e só a uso para me deslocar todos os dias para o trabalho. Não faço mais viagens. De resto, ela está sempre parada na garagem do meu apartamento", explicou ao Correio da Manhã o motociclista. 

portagem vila nova de famalicão a16 belas sintra erro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)