Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

"Não vamos ter um Natal igual aos outros": Marta Temido alerta para a necessidade de contenção da pandemia

Ministra da Saúde admite que a segunda onda da Covid-19 não seja controlada até ao final do ano.
25 de Novembro de 2020 às 16:51
marta temido
marta temido
A ministra da saúde, Marta Temido, assumiu esta quarta-feira que "não vamos ter um Natal igual aos outros", durante a conferência de imprensa da DGS. Mesmo com as medidas de mitigação implementadas há quase duas semanas, o elevado número diário de casos de Covid-19 não permite este ano uma época de festas como em outros anos. 

A ministra da Saúde garantiu ainda que o risco de Portugal não estar preparado para vacinar contra a covid-19 quando a vacina for distribuída é "zero", referindo que "há muito" que o país se está a preparar.
Numa conferência de imprensa que decorreu esta tarde no Porto, e em resposta à pergunta sobre qual o risco que Portugal corre de haver uma vacina aprovada e o país não estar preparado para começar a vacinar, Marta Temido respondeu diretamente "zero" para depois recordar o histórico de contactos e decisões do Governo sobre esta matéria.

"Há muito que Portugal se está a preparar para receber a vacina da covid-19. Desde meados do ano que a Comissão [Europeia] e a Agência Europeia do Medicamento pediu ao nosso país, como pediu aos outros, que indicássemos um representante que depois começou a trabalhar com uma equipa que tem estado a trabalhar (...) no processo de aquisição de vacinas para cada Estado-membro", disse Marta Temido.
Marta Temido DGS Covid-19 saúde
Ver comentários