Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Negócios de milhões com vinda do Papa Francisco a Fátima

Visita papal fez disparar as receitas.
Isabel Jordão 30 de Dezembro de 2018 às 12:01
A carregar o vídeo ...
Visita papal fez disparar as receitas.
A vinda do Papa Francisco a Fátima em 2017, para o Centenário das Aparições, fez disparar as receitas da hotelaria, com o aumento das dormidas, da estadia média e do rendimento de cada uma das 9355 camas existentes no concelho de Ourém. A conclusão é do Instituto Nacional de Estatística (INE), de acordo com os primeiros dados do turismo desagregados por concelho relativos ao ano passado.

O turismo religioso ganha assim cada vez mais importância na região, verificando-se que a esmagadora maioria das unidades hoteleiras do concelho de Ourém situa-se na cidade de Fátima, em redor do Santuário.

Em 2017, registaram-se 1,298 milhões de dormidas, mais 525 mil (67,9 por cento) do que no ano anterior. Os turistas estrangeiros - sobretudo espanhóis, italianos e polacos - estiveram em larga maioria, representando mais de um milhão de dormidas.

No que respeita ao número de noites de cada turista em Fátima, também se verificou um ligeiro aumento - de 1,60 para 1,80 noites - e a taxa de ocupação de cama aumentou de 30 para 43,7 por cento em 2017, em comparação com o ano de 2016, revelam os dados do INE.

Outro dado que também sofreu um aumento exponencial no ano em que todos os olhares se viraram para Fátima - por se celebrar o Centenário das Aparições e a cidade ter recebido o Papa Francisco - prende-se com o rendimento gerado por cada quarto: subiu de 18.746 euros em 2016 para 35.281 euros no ano passado, o que se traduz num acréscimo de 88 por cento.

Recorde-se que os preços dos quartos por alugar a poucos dias da visita do Papa, que ocorreu nos dias 12 e 13 de maio, atingiram valores exorbitantes.

PORMENORES
Turistas estrangeiros
Em 2016, registaram-se 537.223 dormidas de turistas estrangeiros no concelho de Ourém, número que o ano passado subiu para 1.001.098 dormidas, o que deixa perceber o interesse gerado em torno das iniciativas que assinalaram o Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos.

Sete anos a preparar
A preparação do "itinerário celebrativo" do Centenário das Aparições, a cargo do Santuário de Fátima, teve início em novembro de 2010 e terminou em outubro de 2017. No total, houve mais de 150 iniciativas.

Custo elevado
As 150 iniciativas tiveram um custo de dois milhões de euros, revelou o Santuário de Fátima. Os gastos diretamente relacionados com a celebração do Centenário em projetos e iniciativas foram de 1,5 milhões de euros. As despesas com a visita papal foram de 560 mil euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)