Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Nova esperança no tratamento de Alzheimer

Cientistas britânicos conseguiram avanços significativos na prevenção e avanço de doenças degenerativas do cérebro.
10 de Outubro de 2013 às 18:54
Alzheimer, doenças, degenerativas, tratamento, Giovanna Mallucci
Alzheimer, doenças, degenerativas, tratamento, Giovanna Mallucci FOTO: Juanmonino / Getty Images

Um novo fármaco, desenvolvido e testado em ratos de laboratório, foi capaz de prevenir o avanço de doenças degenerativas do cérebro. O estudo, que promete revolucionar o tratamento da doença de Alzheimer, foi publicado na revista norte-americana ‘Science Translational Medicine'.

Nos resultados divulgados por um grupo de cientistas britânico da Unidade Toxicológica do Medical Research Council's, na Universidade de Leicester, os ratos tratados sete semanas depois de terem sido infetados não registaram qualquer perda de memória, enquanto os que foram tratados passadas nove semanas tiveram perda de memória.

"Ficámos muitos entusiasmados quando vimos que o tratamento era capaz de travar o avanço da doença e proteger as células do cérebro, restaurando alguns comportamentos normais e prevenindo a perda de memória nos ratos", disse Giovanna Mallucci, uma das cientistas do projeto.

Alzheimer doenças degenerativas tratamento Giovanna Mallucci
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)