Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Novas medidas anunciadas pelo Governo entram em vigor às 00h00 de sexta-feira

Entre as medias encontra-se o dever de recolhimento domiciliário.
Lusa 13 de Janeiro de 2021 às 22:28
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Getty Images
As novas medidas tomadas esta quarta-feira pelo Conselho de Ministros para controlar a pandemia de covid-19, entre as quais o dever de recolhimento domiciliário, entram em vigor às 00h00 de sexta-feira.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, António Costa, no final do Conselho de Ministros desta quarta-feira, no Palácio da Ajuda.

"A partir das 00h00 de dia 15 de janeiro [sexta-feira] volta a vigorar em Portugal, de uma forma generalizada, o dever de recolhimento domiciliário", adiantou.

Segundo o chefe do executivo, as exceções que já existiram em março e abril manter-se-ão, mas deixou em apelo: "por uma vez, não percamos muito tempo a olhar para as exceções e que concentremo-nos no que é mesmo essencial, o recolhimento domiciliário para que cada um se proteja e, protegendo-se, proteja também a saúde dos outros".

"As regras que repomos são essencialmente as mesmas que vigoraram entre março e abril, com uma exceção que se prende com o calendário democrático das eleições presidenciais do próximo dia 24 de janeiro e com a necessidade de não voltarmos a sacrificar a atual geração de estudantes e por isso iremos manter em pleno funcionamento todos os estabelecimentos educativos", adiantou.

No comunicado do Conselho de Ministros entretanto divulgado a "participação no âmbito da campanha eleitoral ou da eleição do Presidente da República" figura na lista das deslocações autorizadas, entre outras.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários