Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Novo vírus H9N2 é ameaça

Uma menina de três anos, de Hong Kong (China), foi infectada com uma estirpe rara de gripe A, o vírus H9N2. É uma forma de gripe das aves pouco agressiva e raramente detectada nos seres humanos. O Centro de Protecção da Saúde de Hong Kong informou que a menina apresenta tosse e febre desde Novembro último, tendo no início de Dezembro sido internada. No dia 11 foi-lhe dada alta depois de ficar curada.
31 de Dezembro de 2009 às 00:30
Cientistas dizem que o H9N2 representa uma ameaça para os humanos
Cientistas dizem que o H9N2 representa uma ameaça para os humanos FOTO: Viktor Gurniak/Reuters

Apesar de ser extremamente rara, a estirpe H9N2 surge como uma ameaça de uma possível pandemia e pode infectar mais seres humanos do que habitualmente é entendido por apresentar sintomas ligeiros.

"É possível que o número de pessoas infectadas seja superior aos seis casos conhecidos", disse Malik Peiris, microbiólogo, autor de vários artigos sobre a gripe das aves em Hong Kong.

Peritos norte--americanos de gripe da Universidade de Maryland divulgaram recentemente um trabalho na revista ‘PLoSONE’ em que a estirpe H9N2 representa uma "ameaça significativa para os seres humanos".

Os cientistas de Maryland detectaram que o vírus com pequenas mutações poderá converter-se em pandemia por fácil transmissão entre humanos.

Existem centenas de estirpes do vírus da gripe das aves, mas apenas quatro (conhecidos pelos vírus H5N1, H7N3, H7N7 e H9N2) causaram infecções a seres humanos, indicou a Organização Mundial da Saúde.

SAIBA MAIS

PARASITA QUE NÃO SE VÊ

Os vírus distinguem-se de outros agentes de doenças infecciosas por, ao contrário das bactérias, não serem visíveis ao microscópio e dependerem de células hospedeiras para se multiplicar.

1892

Foi quando o biologista russo Dmitry Ivanovsky percebeuao estudar a doença das folhas do tabaco a acção de um novo transmissor de infecções.

100

nanómetros, ou seja, miliomésimas partes do milímetro, é otamanho médio de um vírus.

CÉLULAS MALIGNAS

Aos vírus atribui-se capacidade de transformar células hospedeiras em malignas e provocar doenças, como cancro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)