Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

"Nunca se construíram tantos hospitais ao mesmo tempo"

"Nunca se construíram tantos hospitais ao mesmo tempo". As palavras são do primeiro-ministro, José Sócrates, esta terça-feira, no lançamento da primeira pedra daquele que será o futuro Hospital de Loures.
12 de Janeiro de 2010 às 12:55
Sócrates lançou primeira pedra
Sócrates lançou primeira pedra FOTO: Mário Cruz/Lusa

Sócrates referia-se ao investimento público que tem sido feito na área da saúde, explicando que neste momento estão seis hospitais em construção (Cascais, Braga, Amarante, Guarda, Lamego e o Hospital Pediátrico de Coimbra). Com o início do de Loures, subirá para sete as construções simultâneas de unidades de saúde.

"É aqui que o investimento público é feito. Com o dinheiro dos impostos, porque o país precisa de novos hospitais. Na área metropolitana de Lisboa vamos ter quatro novos hospitais", afirmou o primeiro-ministro, referindo-se ao Hospital de Cascais, já em fase de conclusão, ao de Vila Franca de Xira, ao de Loures e ao da região oriental de Lisboa.

No ano em que se comemora o centenário da república portuguesa. o futuro Hospital de Loures vai homenagear Beatriz Ângelo, uma mulher republicana, feminista e a primeira mulher a votar em Portugal. 

"Loures é um dos maiores concelhos em termos demográficos e estava desprotegido em relação à saúde", referiu Sócrates, que considerou estar assim reposta a justiça à população no acesso aos cuidados de saúde.

O primeiro-ministro explicou ainda que também a área metropolitana do Porto requer especial preocupação por parte do Governo, designadamente com a construção de novas unidades em Gaia e Póvoa do Varzim.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)