Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

“O cancro do pulmão tende a aumentar”

Jorge Cruz, Responsável pela Unidade do Pulmão da Fundação Champalimaud, sobre o cancro do pulmão e o tabaco
15 de Outubro de 2012 às 01:00
“O cancro do pulmão tende a aumentar”
“O cancro do pulmão tende a aumentar” FOTO: DR

Correio da Manhã – O número de casos de cancro do pulmão de não fumadores tem aumentado em Portugal?

Jorge Cruz – Sim. O tabaco continua a ser a principal causa para o desenvolvimento de cancro do pulmão, mas não podemos ignorar a situação dos fumadores passivos, que estão expostos ao fumo de quem fuma. Neste sentido, a genética pode explicar os casos de cancro em pessoas que nunca fumaram. A Fundação Champalimaud está a realizar estudos nesta matéria.

– Qual é o perfil de um doente de alto risco para o desenvolvimento de cancro do pulmão?

– Um doente de alto risco pode ter, por exemplo, mais de 55 anos, e fumar pelo menos um maço por dia desde há 40 anos. No caso de diagnóstico tardio, apenas 15% sobrevivem até aos cinco anos.

– E no caso de um diagnóstico precoce?

– Se o fumador apostar num diagnóstico precoce, que é realizado há três meses no centro clínico da Fundação Champalimaud, as hipóteses aumentam: quando o cancro é diagnosticado numa fase inicial e ainda pode ser operado, o doente tem uma qualidade de vida de 90% [face à pessoa sem cancro] mesmo dez anos após o diagnóstico . Além disso, há impacto económico: sendo realizada apenas a cirurgia, o custo é mais barato, em comparação com os tratamentos de quimioterapia e radioterapia.

– Como é que analisa a revisão da lei do tabaco?

– A lei do tabaco já é razoável. No entanto, devia apostar-se na proibição total de fumar nos espaços fechados. Isto já acontece em alguns países. A legislação actual já deu frutos, no sentido de diminuir o número de fumadores, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Na próxima década o cancro do pulmão tende a aumentar, mas esperamos que diminua com as medidas que se estão a tomar.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)