Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

OCDE elogia obras escolares

Um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), ontem apresentado, tece rasgados elogios ao programa de modernização das escolas secundárias. "Portugal deveria orgulhar-se deste programa", afirmou Alastair Blyth, membro da equipa da OCDE responsável pelo estudo.
27 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Estudo de avaliação foi apresentado na já remodelada Escola Pedro Alexandrino, na Póvoa de Santo Adrião
Estudo de avaliação foi apresentado na já remodelada Escola Pedro Alexandrino, na Póvoa de Santo Adrião FOTO: Natália Ferraz

O documento sublinha que a criação da empresa Parque Escolar para executar o programa foi um "factor decisivo para o êxito" e sugere que poderá "servir de modelo para aplicação a nível internacional".

Também a inclusão no programa de "verbas destinadas à reparação e manutenção" das escolas é apontada como elemento "ímpar" e passível de ser copiado lá fora. Mas o estudo considera que os 175 milhões de euros previstos gastar na manutenção em dez anos não devem chegar. Sintra Nunes, presidente da Parque Escolar, contrapôs que "é suficiente", mostrando-se "orgulhoso do trabalho feito".

A OCDE propôs ainda a criação de um conselho consultivo, sugestão que a ministra da Educação disse ir acatar. Isabel Alçada lembrou o papel de Maria de Lurdes Rodrigues no programa e a importância do mesmo no "combate à crise, com a criação de 30 mil postos de trabalho".

PORMENORES

2450 MILHÕES DE EUROS

O programa prevê a modernização de 332 escolas com custos de 2450 milhões de euros para as primeiras 205.

GESTOR DE EDIFÍCIOS

Sintra Nunes revelou que será criada a figura do Gestor de Edifícios para as escolas remodeladas devido à sua complexidade.

MATEMÁTICA

O novo programa de Matemática do Básico entra em vigor no próximo ano lectivo, articulando os programas dos 3 ciclos, segundo foi ontem revelado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)