Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Onda de calor persistente traz noites tropicais por sete dias

Previstos 40 graus em Lisboa, 41 em Setúbal, 37 em Coimbra, 33 no Porto e 32 em Faro.
João Saramago 12 de Julho de 2020 às 01:30
Tempo quente que se fez sentir ontem convidou a banhos na praia de Quarteira, no Algarve
Tempo quente que se fez sentir ontem convidou a banhos na praia de Quarteira, no Algarve FOTO: Direitos Reservados
Uma onda de calor persistente atinge o território do Continente com as temperaturas a atingirem valores na ordem dos 40 graus a partir de amanhã, numa previsão que se estende, pelo menos, por mais sete dias.

Estão previstos 41 graus em Setúbal e Évora, 40 graus em Lisboa, Santarém e Lisboa. Em Coimbra a indicação é para 37 graus, 33 no Porto e 32 em Faro. Aveiro será a capital de distrito com a temperatura mais baixa, com a previsão de 31 graus, Segundo a tendência apontada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Associado ao calor tórrido durante o dia está a ocorrência de noites tropicais. Temperaturas noturnas superiores a 20 graus são esperadas em todo o território com a indicação que, em Portalegre, poderão registar-se 25 graus de mínima.

Para fazer frente à vaga de calor milhares procuram por estes idas ir à praia. Na costa ocidental a temperatura da água do mar oscila entre os 16 e os 18 graus. Mais agradável é mergulhar no Atlântico na costa sul do Algarve, com a indicação de 20 a 22 graus. O calor tórrido levanta riscos para a saúde. Com exceção de Faro, Porto, Viana do Castelo e Aveiro, os restantes distritos estão sob aviso amarelo.

pormenores

Refeições leves e água
As altas temperaturas apontam para a necessidade de ingestão de refeições ligeiras, saladas, alimentos frescos e o consumo de bastante água e por várias vezes ao dia.

Janela e estore fechados
Para minimizar o efeito do calor em casa, devem ser fechadas as janelas e estores no período em que estão expostos ao sol.

Raios ultravioleta com perigo extremo
Há 39 concelho em risco máximo de incêndio. A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil emitiu um aviso para um aumento das condições favoráveis à ocorrência de incêndios.

Alerta para risco máximo de incêndio
O Índice Ultravioleta atinge o extremo na segunda-feira, com situação de perigo, nos distritos de Santarém, Lisboa, Setúbal, Portalegre, Évora, Beja e Guarda. As autoridades recomendam ficar em casa.
Évora Continente Santarém Setúbal Faro Lisboa Portalegre Aveiro Porto meteorologia ambiente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)