Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Onze escolas fecham

O Governo quer que as escolas primárias com menos de 21 alunos fechem as portas. No Algarve, existem duas dezenas nestas condições, mas no próximo ano lectivo só deverão encerrar 11, embora possa ainda acontecer alguma alteração, apurou o CM.
5 de Julho de 2010 às 00:30
Onze estabelecimentos vão fechar na próximo ano lectivo
Onze estabelecimentos vão fechar na próximo ano lectivo FOTO: Nuno André Ferreira

"Tudo tem sido feito de forma consensual, em diálogo com os municípios", afirmou ao CM o director regional de Educação, Luís Correia, adiantando que os protocolos para transporte de alunos são celebrados na próxima semana.

O concelho de Loulé será aquele em que encerrará um maior número de escolas: três. A saber: Areeiro, Poço Novo e Clareanes. O presidente da Câmara, Seruca Emídio, explicou que as escolas de Cortelha e Querença, apesar de terem poucos alunos, serão mantidas abertas.

Em Castro Marim deverão encerrar duas escolas – Azinhal e Junqueira. O mesmo número está previsto para o concelho de Silves – Malhão e Ribeira Alta.

No concelho de Lagos, o presidente da Câmara, Júlio Barros, revelou que este ano será fechada a escola de Barão de São João. Em São Brás de Alportel, está previsto o encerramento da escola de Almargens, em Tavira a do Livramento e em Faro a do Medronhal.

O director regional de Educação realçou que a medida é positiva para os alunos, em termos pedagógicos e de socialização, salientando que "não faz sentido ter alunos de quatro classes na mesma sala".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)