Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Ordem gasta em viagens 216 mil €

O Conselho Geral da Ordem dos Advogados (OA), liderado pelo bastonário Marinho Pinto, gastou, em 2012, mais de 216 mil euros em deslocações, estadas e transportes, e 3189 euros em artigos para oferta.
23 de Abril de 2013 às 01:00
O bastonário Marinho Pinto preside ao Conselho Geral da Ordem dos Advogados
O bastonário Marinho Pinto preside ao Conselho Geral da Ordem dos Advogados FOTO: Alexandre Azevedo / Sábado

De acordo com o relatório de contas, que amanhã será sujeito a aprovação em assembleia geral, os gastos com pessoal ascenderam a 1,7 milhões, mais 32 678 euros do que em 2011. A esta fatia soma-se "outros gastos com pessoal", parcela que sofreu um aumento de 41 188 euros relativamente ao ano anterior – recorde-se que, pela primeira vez, o bastonário é remunerado. Apesar da crise, as despesas com eletricidade, energia, material de limpeza e higiene sofreram um agravamento de mais de quatro mil euros, tendo totalizado, no ano passado, os 98 724,77 euros.

O relatório descreve ainda uma verba de 857,35 euros para o material de decoração e 41 827,58 euros para a conservação e reparação de bens. Com as publicações (boletim e revista), o Conselho Geral da OA despendeu mais de 530 mil euros.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO EM PAPEL DO JORNAL 'CORREIO DA MANHÃ'.

ORDEM JUSTIÇA ADVOGADOS GASTOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)