Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

"Ou colocavam a saúde em risco ou ficavam sem rendimentos”: Trabalhadoras ‘trans’ do sexo mais expostas a violência

Relatos mostram um aumento de casos de violência verbal e física de clientes.
Correio da Manhã 21 de Novembro de 2022 às 09:13
Mulheres geriam negócio de prostituição e recrutavam através de sites
Mulheres geriam negócio de prostituição e recrutavam através de sites FOTO: GETTY IMAGES
As trabalhadoras ‘trans’ do sexo no Norte ficaram mais expostas a episódios de violência durante a pandemia. A conclusão é de um estudo da Universidade do Minho que reuniu 11 testemunhos de mulheres sobre a sua experiência com o trabalho sexual durante este período. “Tiveram que optar: ou colocavam a saúde em risco ou ficavam sem rendimentos”, afirma Diana Silva, autora de uma tese de mestrado em Sociologia.

Os relatos destas trabalhadoras mostram um aumento de casos de violência verbal e física de clientes, principalmente quando estas mulheres se recusavam a ter sexo sem proteção.

Diana Silva Norte País Universidade do Minho questões sociais
Ver comentários
C-Studio