Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Overdose matou 19 em Portugal

Menos mortes por consumo de droga associadas ao aumento de pessoas em tratamento
29 de Maio de 2013 às 01:00
TOXICODEPENDÊNCIA, DROGA, MORTE, OVERDOSE
TOXICODEPENDÊNCIA, DROGA, MORTE, OVERDOSE FOTO: José Rebelo

O número de mortes por overdose em Portugal diminuiu para 19 em 2011, menos 33 do que as 52 registadas em 2010. Em 2008, o número de overdoses era de 94. A tendência verificada em Portugal acompanha os números da União Europeia: 6500 overdoses em 2011 contra 7000 em 2010 e 7700 em 2009.

Esta diminuição está associada ao aumento de pessoas em tratamento. As estimativas europeias apontam para mais de 1,2 milhões de pessoas em tratamento por consumo de drogas. Os consumidores de opiáceos são o maior grupo, seguidos dos de canábis e cocaína. Portugal tem cerca de 40 mil em tratamento, dos quais 27 mil em substituição opiácea.

Os cortes nos orçamentos para tratamento da toxicodependência são uma preocupação europeia. No caso de Portugal, João Goulão, presidente do Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência, considera que a situação ainda não é grave: "Houve uma discreta redução em Portugal, mas não houve cortes significativos. Ainda temos os mínimos olímpicos. Temos condições para dar continuidade às intervenções que vínhamos fazendo".

LEIA MAIS NA EDIÇÃO EM PAPEL DO JORNAL 'CORREIO DA MANHÃ'

TOXICODEPENDÊNCIA DROGA MORTE OVERDOSE
Ver comentários