Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Padre autoriza maestro homossexual na missa

João Maria e restantes elementos do coro ausentes.
Mário Freire 17 de Abril de 2017 às 08:32
Padre, no final das celebrações, foi cumprimentado e apoiado por muitos dos paroquianos e falou em exclusivo ao CM
Maestro João Maria
João Maria (à direita) fez-se acompanhar do namorado David Dinis na deslocação ao Paço Episcopal
coro, maestro, homossexualidade, gay, castanheira de pera
Padre, no final das celebrações, foi cumprimentado e apoiado por muitos dos paroquianos e falou em exclusivo ao CM
Maestro João Maria
João Maria (à direita) fez-se acompanhar do namorado David Dinis na deslocação ao Paço Episcopal
coro, maestro, homossexualidade, gay, castanheira de pera
Padre, no final das celebrações, foi cumprimentado e apoiado por muitos dos paroquianos e falou em exclusivo ao CM
Maestro João Maria
João Maria (à direita) fez-se acompanhar do namorado David Dinis na deslocação ao Paço Episcopal
coro, maestro, homossexualidade, gay, castanheira de pera
O padre José Carvalho permite que o maestro João Maria assista às celebrações religiosas, mas não autoriza que dirija o Coro São Domingos, em Castanheira de Pera. João Maria, que se diz afastado das funções por ter assumido a sua homossexualidade, não esteve na missa deste domingo, tal como os restantes elementos do coro. É a primeira vez que acontece, desde o início da polémica com a diocese de Coimbra em março.

"Ele pode ir à igreja e participar na missa, mas não pode dirigir o coro", afirma ao CM o padre José Carvalho, que ontem celebrou a missa de Páscoa.

Já sobre os elementos do coro, que se têm apresentado de negro com uma tarja branca no braço, como forma de protesto pelo afastamento do maestro, o pároco José Carvalho acredita que "os coristas e músicos, voltem com o espírito de servir ".

Em relação à polémica do afastamento do maestro homossexual, o padre lembra "que a Igreja tem hierarquias que não foram respeitadas" e acrescenta: "Da minha parte está tudo sanado. Foi afastado por desobediência e insubordinação".

Na missa de ontem, tal como acontecera no domingo anterior, houve coro, mas sem música. Os paroquianos reconhecem que o coro dava outro brilho às celebrações. "É uma pena que não se tenham entendido num meio tão pequeno", lamenta Maria Fernandes, à saída da missa. João Maria explica ao CM que "não há condições para ir às celebrações" e que ainda aguarda respostas da diocese.
José Carvalho Páscoa João Maria Maria Fernandes Coro São Domingos Igreja padre Castanheira de Pera
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)