Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Pais rejeitam orientações do Governo

A Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) apelou às suas associadas para que rejeitem orientações das direcções regionais para a extinção de escolas e disse que avançará com providências cautelares.
12 de Julho de 2010 às 00:30
Albino Almeida, da Confap
Albino Almeida, da Confap FOTO: Sérgio Lemos

"A Confap apela a todas as associações de pais para que rejeitem categoricamente as orientações que cheguem por telefone da Direcção Regional de Educação de Lisboa ou de outras direcções regionais", disse o líder da Confap, Albino Almeida, sublinhando ser esta prática "ilegal", admitindo interpor "providências cautelares para que se cumpra a lei".

O secretário de Estado da Educação, João da Mata, anunciou que no âmbito do reordenamento da rede escolar, a partir de Setembro, haverá menos cem unidades orgânicas – no início do ano lectivo eram 1179. Cada uma das novas unidades terá, em média, 1700 alunos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)