Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Papa aprendeu a rezar com avó

"Quem me ensinou a rezar foi a minha avó. Também era ela que me contava histórias sobre santos", contou o Papa Francisco numa entrevista à rádio La 96, Voz de Caacupé quando ainda era arcebisbo de Buenos Aires.
17 de Março de 2013 às 09:25

"O que senti? Nada, apenas que tinha que ser padre. Senti o chamamento. Nesse momento tinha 17 anos, mas esperei três anos. Estudei, trabalhei e depois entrei para o seminário", contou na altura.

No dia seguinte ao conclave que o escolheu para Sumo Pontífice, a namorada de infância do Papa Francisco contou uma versão diferente. "Tínhamos onze anos quando ele me pediu em casamento por carta. Não respondi porque o meu pai me bateu e fez todos os possíveis para nos separar. Depois disso nunca mais o vi".

Amalia, assim se chama o primeiro amor do Papa Francisco, vizinha no Bairro das Flores, em Buenos Aires, confessou também que Jorge Bergoglio disse então: ‘Se não me casar contigo vou para padre'.  

Papa Francisco avó rezar namorada de infância
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)