Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Cantata junta 240 intérpretes para contar a história das aparições de Fátima

Produção é estreada no dia 2 de abril, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.
Lusa 30 de Março de 2017 às 16:48
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Fátima
Santuário de Fátima prepara-se para mais uma enchente, com a vinda do Papa Francisco, entre 12 e 13 de maio
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Fátima
Santuário de Fátima prepara-se para mais uma enchente, com a vinda do Papa Francisco, entre 12 e 13 de maio
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Fátima
Santuário de Fátima prepara-se para mais uma enchente, com a vinda do Papa Francisco, entre 12 e 13 de maio

A cantata "As maravilhas de Fátima", produção que junta 240 intérpretes e conta a história das aparições, é estreada no dia 2 de abril, domingo, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

A partir do papel do padre Manuel Formigão (1883-1858), que fez os primeiros inquéritos aos pastorinhos Jacinta, Lúcia e Francisco após as aparições de 1917, constrói-se um espetáculo com música de António Cartageno e textos construídos a partir de fontes literárias da época.

A iniciativa é das Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora de Fátima e a produção do Conservatório de Música de Ourém e Fátima (CMOF), com a Orquestra Clássica de Fátima.

No total, estão envolvidos duas centenas de cantores do coro do Conservatório e quatro dezenas de músicos da Orquestra, além dos solistas que representam, por exemplo, os pastorinhos e Nossa Senhora de Fátima.

"A expectativa para a estreia é alta", assume o diretor do CMOF à agência Lusa. Alexandre Rodrigues considera fantástica a cantata composta por António Cartageno e espera casa cheia para a primeira apresentação, no domingo.

"Mesmo para a população que já conhece a história e é crente, a cantata clarifica muitos pormenores, sobretudo em torno da vida e obra do padre Formigão e da responsabilidade que teve relativamente aos acontecimentos das aparições, na sua divulgação e na clarificação da verdade", diz o diretor do CMOF.

Em preparação desde outubro de 2016, o espetáculo contextualiza ainda o momento histórico e o contexto político em que surgem as aparições.

Através da música, "As maravilhas de Fátima" procura "clarificar a história, tornando-a acessível a todos".

"É como um musical, só falta o movimento. É uma outra forma de conhecer a história das aparições, embelezando determinados momentos. A história é narrada, com personagens que vêm glorificar o momento, tornando mais percetível e interessante o espetáculo", acrescenta Alexandre Rodrigues.

A estreia em Fátima, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, está agendada para as 15:15 do dia 02 de abril. Estão ainda confirmadas, ao longo do ano, outras apresentações em Fátima e também em Bragança, Évora, Lisboa e Beja.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)