Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Papa Francisco vai decidir demissão do Cardeal-patriarca de Lisboa após polémicas com abusos sexuais

D. Manuel Clemente, na reunião que teve com o sumo-pontífice, deixou em aberto a hipótese de abandonar o cargo.
Correio da Manhã 16 de Agosto de 2022 às 17:09
Cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente
Cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente FOTO: Bruno Colaço
O cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, está disposto a abandonar o cargo, tendo remetido a decisão final para o Papa Francisco. O parecer pode ser tomado dentro de dois meses, depois da reunião que se vai realizar em Roma e que contará com a presença de todos os cardeais.

D. Manuel Clemente terá confessado a algumas pessoas que terá tido esta conversa com Francisco durante o encontro dos dois, que se realizou a cinco de agosto, segundo adiantaram responsáveis do Patriarcado ao 7Margens

A decisão do cardeal-patriarca de Lisboa surge depois de várias polémicas relacionadas com abusos sexuais na Igreja. De acordo com as mesmas fontes, a concretizar-se a saída de D. Manuel Clemente, esta deve acontecer brevemente de forma a integrar o seu sucessor na preparação e realização das Jornadas Mundiais da Juventude, que vão acontecer em Portugal já no próximo ano. 

Recorde-se que numa sondagem realizada pelo Correio da Manhã75,5 por cento da população portuguesa considerou que Clemente deveria apresentar a demissão, devido ao facto de não ter comunicado às autoridades judiciais uma denúncia de abuso sexual que ouviu, em 2019, da própria vítima, cometido por um padre do Patriarcado, o qual manteve em funções até à atualidade.

Na mesma sondagem, apenas 15,7% dos inquiridos defendiam a continuidade de D. Manuel Clemente.
Cardeal-patriarca Francisco Manuel Clemente Roma religião
Ver comentários