Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Parto-surpresa dentro de casa

Mulher, de 26 anos, deu à luz uma menina saudável, mas nunca foi vista por um médico
15 de Setembro de 2013 às 01:00

Sem saber que estava grávida e que acabara de entrar em trabalho de parto, uma mulher, de 26 anos, pediu ajuda aos Bombeiros Voluntários de Valadares. O alerta dava conta de uma crise convulsiva e, mais tarde, de uma forte hemorragia, mas afinal tratava-se de uma situação especial. À chegada da corporação à casa da mulher, em Canelas, Vila Nova de Gaia, já uma menina tinha nascido –mas tinha o cordão umbilical à volta do pescoço e não respirava. Depois da intervenção dos bombeiros e da equipa médica, a criança estabilizou e chorou pela primeira vez quando foi posta no colo da progenitora.

A mulher, que deu à luz pela terceira vez, foi de imediato transportada com a bebé para a Unidade de Obstetrícia do Hospital Eduardo Santos Silva, em Gaia. "Ambas estão bem de saúde e não inspiram cuidados de maior", garantiu ao CM fonte hospitalar, apesar da situação especial da mãe e da criança.

Por desconhecer que estava grávida, a mulher nunca foi acompanhada por um médico durante os nove meses de gestação, mas isto não terá prejudicado a menina.

Tal como a mãe, também os bombeiros ficaram surpreendidos com o parto. Por ter nascido de surpresa, a menina ainda não tem nome.

PARTO NASCIMENTO GAIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)