Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Peregrinos querem cantar com o papa

Mais de 80 mil fiéis participaram ontem na missa e deixaram desejo de ver Francisco.
Isabel Jordão 14 de Outubro de 2016 às 08:43
Peregrinos estão desejosos de acender uma vela e cantar com o papa Francisco na Cova da Iria
Peregrinos estão desejosos de acender uma vela e cantar com o papa Francisco na Cova da Iria FOTO: Rui Miguel Pedrosa
Os peregrinos que ontem participaram na missa final da peregrinação ao Santuário reagiram com aplausos ao desejo manifestado pelo bispo D. António Marto de "acolher em Fátima de braços abertos" o papa Francisco, no centenário das Aparições, a 12 e 13 de maio do próximo ano.

"Queremos acender com ele (o papa) as velas da nossa fé, recitar o rosário e cantar com ele", disse D. António Marto, no final da missa, quando agradecia a presença em Fátima do cardeal D. Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano e colaborador direto do Papa Francisco.

Mais de 80 mil peregrinos participaram nas celebrações e muitos esperam voltar no próximo ano. Sandra Galito, de Évora, foi pela primeira vez a pé de casa até à Cova da Iria, e considera a "experiência gratificante", esperando voltar em maio e "ver o papa bem de perto". Já Irene Ribeiro, de Vila Nova de Gaia, destaca "a paz e a tranquilidade" que se sente na Cova da Iria. O conflito na Síria também não passou despercebido, com os peregrinos a acompanharem a bênção de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, que vai seguir para a "diocese mártir de Alepo".

Já o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em entrevista ao ‘Região de Leiria’, que a importância de Fátima para Portugal "é inegável, para crentes e não crentes".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)