Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Piloto com ataque de pânico força aterragem

Piloto da Ryanair teve uma indisposição durante o voo e forçou avião a aterrar em Faro
10 de Outubro de 2013 às 01:00
Os 167 passageiros foram levados para uma tenda até seguirem viagem para Tenerife
Os 167 passageiros foram levados para uma tenda até seguirem viagem para Tenerife FOTO: EPA

Um avião da Ryanair aterrou ontem de emergência no Aeroporto de Faro depois de o piloto se ter sentido mal a meio do voo. Apesar do alerta amarelo dado pelo Aeroporto de Faro, a aterragem correu bem e nenhum dos 167 passageiros sofreu qualquer ferimento.

Segundo apurou o CM, o piloto do avião - que seguia de West Midlands (Inglaterra) para Tenerife - terá sofrido um ataque de pânico quando sobrevoava o Algarve e pediu para aterrar em Faro.

Contactado pelo CM, fonte oficial da ANA Aeroportos de Portugal não confirma que o piloto da Ryanair tenha tido um ataque de pânico. "O piloto pediu para aterrar no Aeroporto de Faro, numa aterragem não planeada, por problemas técnicos", disse a mesma fonte, adiantando que, "no entanto, a aterragem correu bem e sem qualquer problema para os passageiros", disse.

A aterragem não planeada aconteceu cerca das 09h45 e motivou o alerta amarelo do aeroporto e a chamada do INEM ao local. No entanto, o piloto recusou assistência médica.

Depois de os 167 passageiros terem sido momentaneamente retirados para uma tenda no aeroporto, o avião acabou por seguir viagem, rumo a Tenerife, cerca das 12h30.

Ryanair Faro avião aterragem emergência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)