Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Pilotos da TAP ameaçam com nova greve

71% dos 259 voos previstos para ontem foram realizados.
Cristina Serra 9 de Maio de 2015 às 00:30
Sindicato admite intensificar medidas
Sindicato admite intensificar medidas FOTO: D.R.

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos desafiou a administração da TAP e o Governo a desistirem da privatização da companhia aérea, admitindo "nova greve", em conjunto com outros sindicatos, para travar o processo.

"Conseguimos infligir um dano de 30 milhões de euros na companhia e isso não deve ser desvalorizado pelo Governo", afirmou Helder Santinhos, dirigente do sindicato, ameaçando com novas ações: "Se não desistirem da privatização, o sindicato garante que a luta irá continuar."

O ministro da Economia, Pires de Lima, afirmou que em cinco dias a greve provocou um prejuízo de 17 milhões. Ao oitavo dia, fonte da TAP diz que foram realizados 185 voos (143 da TAP e 42 PGA) dos 259 programados para ontem, ou seja, 71%.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)