Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Pobres e musical para Madre Teresa

Canonização da religiosa marcada para o dia 4 de setembro.
Cláudia Machado 6 de Agosto de 2016 às 09:38
O papa Francisco vai presidir as cerimónias de canonização da religiosa
O papa Francisco vai presidir as cerimónias de canonização da religiosa FOTO: Reuters
A canonização da Madre Teresa de Calcutá vai contar com um programa especialmente dedicado aos pobres e ao trabalho das Missionárias da Caridade, congregação criada pela religiosa em 1950. Os detalhes foram ontem divulgados pelo Vaticano e pela organização através da qual a futura Santa se dedicou à ajuda aos mais desfavorecidos. A cerimónia principal, presidida pelo papa Francisco, é a 4 de setembro, pelas 9h30 de Portugal.

Nos dias que antecedem ao ato de canonização estão previstos diversos eventos: desde uma festa dedicada às Missionárias da Caridade e aos que contam com o apoio desta congregação, a um musical baseado na vida de Madre Teresa, nascida Ganxhe Bojaxhiu a 26 de agosto de 1910, em Skopke, atualmente capital da Macedónia.

A religiosa, que morreu a 5 de setembro de 1997 , foi beatificada pelo papa João Paulo II em 2003. Já a 15 de março deste ano, o papa Francisco decretou a sua canonização, depois de a Igreja Católica ter reconhecido como milagre a cura de um homem brasileiro, de 35 anos, com graves problemas cerebrais. A aprovação deste milagre era um requisito fundamental para a canonização da beata, distinguida com o Prémio Nobel da Paz em 1979.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)