Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Porto lança alerta sobre solidariedade do custo da água

Conselho Metropolitano do Porto rejeita solidariedade dos preços da água feita às suas custas.
3 de Outubro de 2014 às 17:09
Presidente do Conselho Metropolitano do Porto, Hermínio Loureiro
Presidente do Conselho Metropolitano do Porto, Hermínio Loureiro FOTO: Amândia Queirós/Record

O Conselho Metropolitano do Porto (CmP) defendeu esta sexta-feira que a solidariedade do litoral para com o interior "não pode ser só feita à custa dos sistemas [de abastecimento de água] que estão adstritos à Área Metropolitana do Porto (AMP)".

Em reunião ordinária do CmP, os autarcas da AMP decidiram preparar até ao final da próxima semana um documento com a sua posição pública sobre o plano para a reestruturação do setor da água, apresentado na quarta-feira pelo Governo, para enviar ao ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva.


"A solidariedade não pode ser feita só à custa dos sistemas que estão adstritos à AMP, por isso mesmo queremos fazer chegar [ao Governo] uma posição construtiva, de alerta, para que não seja uma única região do país a ser prejudicada, a ver as suas tarifas em baixa largamente aumentadas pela razão da solidariedade", afirmou aos jornalistas o presidente do CmP, Hermínio Loureiro.

Conselho Metropolitano do Porto Hermínio Loureiro custo da água solidariedade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)