Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Poupa-se 1 balde de água por dia

Os consumidores da região de Lisboa e Vale do Tejo estão a consumir menos água. A EPAL – Empresa Portuguesa de Águas Livres – divulgou que, em 2011, foram fornecidos 210 286 101 metros cúbicos de água aos seus clientes, uma quebra de dois por cento face aos 213 799 910 metros cúbicos fornecidos em 2010. Ou seja, cada um dos 2,8 milhões de consumidores abastecidos pela EPAL está a gastar, em média, menos um balde de água por dia. O consumo anual por habitante é agora de 73,2 metros cúbicos, quando há um ano era de 75,6 m cúbicos: uma redução de 6,7 litros por dia.

14 de Maio de 2012 às 01:00
No último ano baixou o consumo de água na região de Lisboa e Vale do Tejo
No último ano baixou o consumo de água na região de Lisboa e Vale do Tejo FOTO: Nuno André Ferreira

O presidente da EPAL, José Sardinha, explica que "a redução progressiva do consumo de água é uma tendência que se verifica desde 2005". O dirigente da empresa que abastece Lisboa e outros 33 concelhos vizinhos diz que a queda de consumo resulta de vários factores. "Quanto aos clientes directos da empresa, estamos convictos de que a redução dos consumos se deve a uma tomada de consciência da importância do uso eficiente da água", refere. Mas a diminuição do consumo é também uma consequência da "redução de perdas e de beneficiação das redes de distribuição", divulgou a empresa.

CONSUMO ÁGUA POUPANÇA LISBOA VALE DO TEJO
Ver comentários