Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Praga esgota antimosquitos

Algumas pessoas picadas pelos mosquitos tiveram reações alérgicas com gravidade.
17 de Agosto de 2013 às 01:00
Repelentes e produtos para tratamento de picadas de mosquitos já esgotaram várias vezes
Repelentes e produtos para tratamento de picadas de mosquitos já esgotaram várias vezes FOTO: Pedro Noel da Luz

A praga de mosquitos que há mais de um mês afeta a zona de Armação de Pera, no Algarve, fez disparar a procura de repelentes de insetos e de produtos para tratamento de picadas.

"A procura é cinco vezes superior ao normal", diz Joana Antunes, diretora técnica de uma das farmácias de Armação de Pera, adiantando que os produtos já esgotaram "muitas vezes". Joana Antunes frisa que há pessoas picadas com "reações alérgicas mais acentuadas" e que "têm de tomar anti-histamínicos e, por vezes, até é preciso recorrer às cortisonas".

Júlia Monteiro chegou de férias há alguns dias e, apesar do uso de repelentes, não escapou às picadas. "Ontem, tinha mais de cem mosquitos no tecto do quarto", diz.

Para combater a praga, a Câmara de Silves e a Agência Portuguesa de Ambiente recorrem a uma empresa especializada, que hoje procederá de novo à aplicação de herbicidas e inseticidas junto à ribeira de Alcantarilha. A autarquia garante que os produtos aplicados "não acarretam efeitos negativos para o ecossistema e população".

Armação de Pera Algarve mosquitos praga
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)