Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Lotaria de Natal: “Prémio é para ajudar a família”

Vencedores da lotaria de Natal aplicam prémio milionário em casas e na ajuda aos familiares.
Francisco Manuel e Secundino Cunha 27 de Dezembro de 2014 às 09:19
Venda do Euromilhões
Venda do Euromilhões FOTO: CMTV

"Vou distribuir o dinheiro pela família para ajudar os filhos e os netos". O industrial José Costa, de 73 anos, foi um dos felizes contemplados com um prémio da lotaria do Natal. Depois de décadas a apostar, desta vez viu a cautela comprada no quiosque ‘Xará’ em S. Roque, Oliveira de Azeméis, ser premiada com 250 mil euros. Esta foi uma das 40 cautelas vendidas pela Casa da Sorte do Porto. As restantes dez do prémio total de 12,5 milhões foram vendidas on-line. Os novos milionários são de Vila Real, Alvarenga – concelho de Arouca – e Porto.

"Ficamos felizes, porque o prémio foi distribuído por quem precisa", diz Gonçalo Soares, do café Brasileira, em Alvarenga. "Em 1956 ganhei a lotaria com dois amigos. Um investiu, eu poupei e o outro gastou tudo, por isso é preciso juízo", aconselha Fernando Silva, vencedor da lotaria em 1956. Em Vila Real um dos vencedores já anunciou que vai comprar uma casa. "O prémio não podia ter melhor dono", afirma Manuel Martins, dono do quiosque Modelo. 

prémio lotaria ajudar família
Ver comentários