Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Presidente da câmara de Vila de Rei e outros arguidos absolvidos

Cinco arguidos foram absolvidos do processo por alegados benefícios ilegais atribuídos a instituições sociais do concelho.
18 de Abril de 2013 às 16:49

O Tribunal da Sertã, em Castelo Branco, absolveu, esta quinta-feira, os cinco arguidos no processo, que envolvia a presidente da Câmara de Vila de Rei, Irene Barata, e o vereador Paulo César, por alegados benefícios ilegais atribuídos a instituições sociais do concelho.

O coletivo de juízes não atribuiu às provas documentais e testemunhais apresentadas pelo Ministério Público a mesma intenção de praticar prevaricação ou falsificação, dois dos crimes de que eram acusados ambos os arguidos.

"O tribunal não conseguiu chegar lá, só se especulássemos ou fizéssemos uma caça as bruxas", referiu Augusta Palma, juíza presidente do colectivo.

tribunal Castelo Branco Vila de Rei Sertã audiência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)