Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Marcelo deixa apelo para que vítimas testemunhem e utilizem direito da denúncia de abusos sexuais na Igreja

Presidente da República garante que "os portugueses devem ajudar na procura de justiça". 
5 de Agosto de 2022 às 17:50
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Tiago Petinga / LUSA
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu esta sexta-feira a Comissão Independente que investiga abusos sexuais na Igreja e deixou um apelo para que vítimas testemunhem e utilizem direito da denúncia.

Marcelo afirmou que dá "imenso valor a esta Comissão" que, juntamente com especialistas, está a investigar os casos de abusos sexuais.

"Ao recolher testemunhos anónimos e criar uma confiança relativamente aqueles que testemunham, canalizam depois essa informação às autoridades", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, que garantiu que "os portugueses devem ajudar na procura de justiça". 

O Chefe de Estado afirmou ainda que "é chocante haver este tipo de crimes". 

Quando questionado se já teria tido oportunidade de discutir os casos de abusos sexuais com D. Manuel Clemente, de quem Marcelo Rebelo de Sousa é amigo, o Presidente da República assumiu que "não teve oportunidade de discutir o caso com ninguém", acrescentando que esse é um trabalho da Comissão e que deve ser feito na base do anónimato. 

Marcelo admitiu ainda que a Igreja terá de tirar consequências das denúncias e admitiu que não chegou, até ao momento, nenhum pedido de indeminização à Comissão Independente.
Marcelo Rebelo de Sousa Comissão Independente crime lei e justiça política leis
Ver comentários
}