Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

“Previsões com reservas”

Costa Alves, meteorologista, sobre previsão de que o próximo verão será o mais frio dos últimos 200 anos
29 de Maio de 2013 às 01:00

Correio da Manhã – Um canal francês de meteorologia indica que teremos o verão mais frio dos últimos 200 anos. É uma previsão segura a um mês da mudança de estação?

Costa Alves – De maneira alguma. A esta distância nada se sabe sobre o verão. As previsões com métodos estatísticos, e que apontam um grau de possibilidade de 70%, têm de ser vistas com reservas.

– Qual é então a percentagem necessária para haver alguma segurança na previsão?

– Na ordem dos 90%. Mesmo assim, à distância de um mês, ainda ocorrem desvios.

– Os franceses indicam que, além do frio, a chuva será o dobro do que é habitual para o verão. É possível?

– Dizer que no verão a descida da temperatura resulta da chuva é uma previsão coerente.

– Qual a explicação para, depois de um inverno muito rigoso, assistirmos a uma primavera fria?

– Resulta da localização do anticiclone dos Açores. Deveria estar mais próximo da Península Ibérica. Ao não se verificar, há uma maior exposição ao ar marítimo, não se verificando, contudo, as trovoadas próprias desta época. Lá diz o ditado que "maio que não der trovoada, não dá coisa estimada".

METEOROLOGIA TEMPO VERÃO COSTA ALVES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)