Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Professores e alunos iniciam protesto em Lisboa

Algumas dezenas de alunos e professores estão concentrados desde as 14h15 em frente ao Ministério da Educação e Ciência, num protesto conjunto em defesa do investimento na escola pública, integrado na manifestação do movimento "Que se lixe a 'troika'".
2 de Março de 2013 às 15:05

Cartazes com frases de protesto, músicas de intervenção e algumas intervenções de representantes da comunidade educativa têm pontuado o início da tarde na Avenida 05 de Outubro, em Lisboa, frente ao ministério tutelado por Nuno Crato, um dos principais alvos das críticas dos manifestantes.

"A 'troika' é um erro Crato" e "Lucro nos bancos, fome nas escolas" são algumas das frases que se leem nos cartazes que vão dando algum colorido ao protesto da 'Maré da Educação', que junta professores, funcionários não docentes, estudantes, pais e encarregados de educação.

Está previsto que a 'Maré da Educação' se reúna junto ao ministério de Nuno Crato, na avenida 05 de Outubro, e se junte depois à 'Maré da Saúde', na Maternidade Alfredo da Costa, seguindo juntas até ao Marquês de Pombal para integrar a manifestação do movimento 'Que se Lixe a Troika'.

Entre os manifestantes que formam a 'Maré da Educação' está Filomena Carocinho, que quis juntar a sua voz em defesa de um "setor muito atacado" pela atual crise.

"Assim é insustentável ter uma escola pública equilibrada", disse a manifestante à agência Lusa, criticando os cortes nas bolsas de estudo.

O movimento "Que se lixe a 'troika'" convocou para este sábado manifestações em mais de 40 cidades, em Portugal e no estrangeiro para pedir o fim das políticas de austeridade.

Com o lema "Que se lixe a 'troika', o povo é quem mais ordena", a manifestação de Lisboa, que conta com o apoio da CGTP, coincide com a presença da delegação da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), na capital, para fazer a sétima avaliação do memorando de entendimento.

A PSP já anunciou que o policiamento para as manifestações vai ser "o adequado e necessário", para garantir a segurança.

As manifestações foram antecedidas por diversos protestos, junto de governantes, quase sempre ao som de "Grândola, Vila Morena".

troika manifestação professores alunos ministério educação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)