Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Projetos de misericórdias recebem mais de 1ME

As receitas são provenientes de receitas dos jogos.
30 de Novembro de 2015 às 15:29
Edifício do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia
Edifício do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia FOTO: Pedro Sá da Bandeira/Record

Sete projetos sociais de Misericórdias do país considerados prioritários vão ser apoiados com mais de um milhão de euros provenientes de receitas dos jogos, anunciou esta segunda-feira a Santa Casa da misericórdia de Lisboa (SCML).

Os projetos vão ser apoiados através do Fundo Rainha Dona Leonor (FRDL), que resulta de um acordo entre a Santa Casa e a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), "para, com as receitas dos jogos sociais, apoiar a concretização de projetos socialmente prioritários das Misericórdias de todo o país".

Entre os projetos agora apoiados está a ampliação do lar de idosos da Misericórdia da Lousã, a requalificação do espaço exterior do lar de S. João, em Constância, as obras de ampliação no lar de idosos São Nuno de Santa Maria, em Aljubarrota, e o apoio à reabilitação de um lar destinado a portadores de deficiência, na Madalena do Pico, nos Açores.

Também vão ser apoiados a extensão do lar de grandes dependentes em Boticas, a adaptação e reabilitação do jardim-de-infância em Celorico da Beira e a construção da cozinha e lavandaria de apoio à unidade de cuidados continuados integrados em Vila de Pereira (Coimbra).

Este financiamento está a permitir às Misericórdias de Penela, Pernes, Almeirim, Barreiro, Ponte de Sôr e Cabeço de Vide desenvolver projetos de cariz social considerados prioritários para a população, estando todas as obras já em curso.

Alguns dos trabalhos devem estar concluídos antes do final do ano, indiciou a SCML.

Santa Casa de Lisboa Santa Casa Lisboa negócios (geral) economia negócios e finanças assistência social
Ver comentários