Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Protesto contra proibição do trânsito na Arrábida leva praia a praça em Setúbal

Cidadãos levaram toalhas, chapéus de sol e geleiras para a praça do Bocage.
Sofia Garcia 11 de Junho de 2018 às 08:38
Protestos na praça do Bocage, em Setúbal
Protestos na praça do Bocage, em Setúbal FOTO: Lusa/Carlos Santos
Toalhas estendidas, chapéus de sol e geleiras – foi a preceito que pouco mais de uma centena de pessoas se juntaram este domingo na praça do Bocage, em Setúbal, em protesto contra a proibição do trânsito na Arrábida.

"O objetivo desta convocatória foi fazermos o nosso dia normal de praia num sítio onde ainda seja gratuito, porque na verdade pagar 4,10 euros por bilhete para uma família média setubalense é muito caro.

Significa que cada família, para ir à praia, vai pagar entre 12 a 16 euros por dia, consoante o agregado familiar", explica Vanessa Sequeira. "Alguma coisa tinha de ser feita, não havia volta a dar, mas pelo menos baixem o preço dos transportes. Tenho dois filhos e um dia de praia fica a 12 euros, no mínimo. Assim é impossível", disse Maria Varela.

Para a organização do protesto, outras alternativas deviam ter sido ser pensadas pela autarquia setubalense.

"Podiam ter equacionado a colocação de pinos ao longo das zonas em que não se pode estacionar e o patrulhamento pelas autoridades de todo esse troço para que não se verificasse o estacionamento caótico dos últimos anos", explicou ao CM Vanessa Sequeira.

A proibição de carros na Arrábida entrou em vigor a 31 de maio. A alternativa passa por transportes públicos desde a cidade até à praia da Figueirinha e vaivéns entre praias.
praça do Bocage Setúbal Arrábida questões sociais transportes protestos praça do Bocage
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)