Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Protesto de estudantes levou às ruas 30 mil

Trinta mil estudantes terão estado ontem em protesto por todo o País contra o Estatuto do Aluno, a demora na aplicação da educação sexual, os exames nacionais e a falta de condições nas escolas.
5 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Em frente ao Ministério da Educação estiveram apenas 200 alunos
Em frente ao Ministério da Educação estiveram apenas 200 alunos FOTO: Tiago Petinga/Lusa

Os números foram avançados por André Martelo, líder da Delegação Nacional de Associações de Estudantes, que acusou o Ministério da Educação de "dar directrizes às escolas para impedir os protestos". "Houve alunos ameaçados", afirmou, junto ao edifício do ME, em Lisboa, onde se juntaram 200 estudantes, anunciando o objectivo de reunir um abaixo-assinado com 50 mil signatários.

Fonte do ME negou que tenha sido dada indicação às escolas para impedir os protestos e garantiu que até ao final de Março será regulamentada a educação sexual e revisto o Estatuto do Aluno. Já os exames estão para ficar.

Ver comentários