Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Protestos obrigam El Corte Inglés a cancelar venda de animais a crédito

Superfície comercial foi arrasada por campanha que promove compra de animais "até 12 meses sem juros".
Pedro Zagacho Gonçalves 30 de Março de 2017 às 20:49
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais
Campanha do El Corte Inglés gerou onde de protestos nas redes sociais

O El Corte Inglés está debaixo de fogo depois de lançar uma campanha em que apela à compra de animais de estimação através de cartão de crédito da loja, podendo o cliente comprar o animal durante "até 12 meses sem juros", caso a compra tenha sido superior a 200 euros. A situação foi divulgada nas redes sociais e gerou uma grande onda de críticas, que obrigou a superfície a suspender a promoção.

A associação IRA (Intervenção e Resgate Animal) divulgou o cartaz da promoção nas redes sociais, adiantando que tinham contactado a loja, que informou que a campanha se dedicava exclusivamente aos animais e não a artigos para animais. "Isto é promover o abandono dos animais e manter os que se encontram para adoção, nos canis municipais e associações. (…) Estimula a aquisição dos animais por facilitismo sem qualquer responsabilidade para com o mesmo e contraria a legislação em vigor, onde os animais deixam de ser ‘coisas’", considera a associação.

Vários utilizadores das redes sociais usaram o Facebook para exprimir a revolta com a campanha e deixaram várias mensagens na página do El Corte Inglés, considerando a promoção "vergonhosa". Na mesma página, a empresa esclareceu que a campanha foi já cancelada.

"No El Corte Inglés valorizamos muito a opinião dos nossos clientes e da comunidade onde estamos inseridos. Neste sentido, decidimos cancelar a nossa campanha de animais de estimação, depois de recebermos vários apelos. Aproveitamos para acrescentar que nos esforçamos por contribuir para o bem-estar dos animais, colaborando ativamente com várias instituições.", conclui o El Corte Inglés.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)