Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Psicólogos contestam números do relatório de saúde mental

Autores do documento acusados de contradizerem tutela.
5 de Dezembro de 2014 às 17:55
Ordem dos Psicólogos questiona lógica do relatório
Ordem dos Psicólogos questiona lógica do relatório FOTO: Getty Images

A Ordem dos Psicólogos contestou esta sexta-feira os números apresentados no relatório de saúde mental quanto às necessidades destes profissionais no Serviço Nacional de Saúde (SNS), questionando a sua lógica e acusando os autores do documento de contradizerem a tutela.

Em comunicado, a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) manifestou-se "preocupada" com a "não concordância" entre o relatório do Programa Nacional para a Saúde Mental, apresentado na quinta-feira, e o ministro da Saúde "no que ao número de psicólogos no SNS diz respeito".

Socorrendo-se de anteriores declarações públicas de Paulo Macedo, a OPP lembra que o ministro "reforça a integração dos psicólogos na prática regular na saúde mental e na importância do trabalho de equipas que incluam psicólogos", para contestar afirmações do relatório, segundo as quais há profissionais destes a mais na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT).

psicólogos relatório saúde mental
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)