Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

PSP: MAI quer reforçar orçamento para viaturas e equipamentos

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou esta terça-feira, em Coimbra, que em breve vão ser visíveis as melhorias nas instalações da PSP e que este ano conta reforçar o orçamento para aquisição de viaturas e equipamentos.
26 de Junho de 2012 às 15:54
MAI, ministro, Administração Interna, Miguel Macedo, PSP, esquadras, orçamento, aquisição, viaturas, equipamentos
MAI, ministro, Administração Interna, Miguel Macedo, PSP, esquadras, orçamento, aquisição, viaturas, equipamentos FOTO: Bruno Colaço / Correio da Manhã

Miguel Macedo, que esta terça-feira se reuniu com os comandantes da PSP da Região Centro, recordou que em Dezembro de 2011 foram disponibilizados sete milhões de euros para viaturas e equipamentos, mas os procedimentos administrativos "muito pesados" ainda não permitiram concretizar as aquisições.

"Espero ainda este ano poder reforçar, em termos orçamentais, para mais aquisições neste domínio, não só para viaturas, mas também para outro material que é importante para o desenvolvimento da actividade operacional", revelou, no final da reunião.

Neste momento - acrescentou - "não se verifica um problema orçamental para fazer face a esse tipo de situações, há é procedimentos administrativos que são muito pesados para resolver esses problemas" com as aquisições.

"Há seis meses que se anda a tratar de um processo de aquisição de veículos para a PSP, e isso é tempo de mais tendo em conta as carências que existem", observou.

Miguel Macedo adiantou que em relação a outra das importantes carências, nas instalações, foi possível "viabilizar uma verba importante" no âmbito das alterações do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional).

"Dentro de muito pouco tempo poderão ver-se as alterações para acorrer às situações mais difíceis do ponto de vista das instalações da PSP", acrescentou.

A reunião desta terça-feira, que decorreu no edifício do extinto Governo Civil de Coimbra, serviu também para o ministro da Administração Interna tomar conhecimento dos resultados operacionais da PSP nos primeiros meses deste ano.

"Do ponto de vista da criminalidade participada são no geral bons. É evidente que há focos de preocupação em relação a três ou quatro situações que estão identificadas e em relação às quais é preciso reagir, e a policia vai reagir", sublinhou.

Referiu que a boa actuação da PSP na Região Centro "permitiu que a criminalidade tenha baixado, quer a criminalidade geral, quer a violenta".

Reportando-se aos meios de combate aos incêndios, Miguel Macedo disse que a "Fase Charlie" deverá ser apresentada publicamente na próxima semana.

Frisou que o dispositivo deste ano foi reforçado em relação a 2011, quer em meios humanos, quer em meios aéreos.

"Nós não poríamos em causa as estruturas de socorro, de segurança e de protecção civil. Não se pode decair na capacidade operacional para fazer face aos riscos", sublinhou.

Miguel Macedo realçou que os resultados dependerão ainda das condições atmosféricas, mas também da actuação humana.

Nesse sentido, aproveitou para apelar aos cidadãos para terem "mais cuidado no verão", recordando que em Fevereiro e Março foram instaurados "muitos processos" devido a um "conjunto muito vasto de situações de crime, doloso ou por negligência".

MAI ministro Administração Interna Miguel Macedo PSP esquadras orçamento aquisição viaturas equipamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)