Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Ratos, chuva e frio em escolas do Centro

Numa das escolas, para aplicação de painéis solares as telhas foram furadas: agora chove lá dentro.
Tiago Virgílio Pereira e João Nuno Pepino 8 de Dezembro de 2018 às 01:30
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Sala de aula em escola de Pontével
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Sala de aula em escola de Pontével
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Pais protestam devido às más condições da Escola de Santa Comba Dão
Sala de aula em escola de Pontével

Os pais dos alunos do Centro Escolar Norte, em Treixedo, Santa Comba Dão, e da Escola EB 2/3 D. Sancho I, em Pontével, Cartaxo, queixam-se das más condições dos edifícios. Chove nas salas de aula, não há aquecimento e há ratos a passear nos corredores.

"Há muitos anos que o aquecimento não trabalha. Para aplicarem os painéis solares na cobertura da escola furaram as telhas e agora chove nas salas de aulas e no hall de entrada. Há ainda o problema dos ratos que, por causa dos incêndios, apareceram em maior quantidade no exterior, mas que também circulam no interior do estabelecimento", explicou Jorge Costa, encarregado de educação na escola de Treixedo.

"Esperámos até ao final de novembro para que algo fosse feito. Mas a autarquia não resolveu os muitos problemas da escola", complementou Susana Marques, outra encarregada de educação. Ao CM, o presidente da câmara, Leonel Gouveia, garantiu que a autarquia está a tentar minimizar os problemas e que para o próximo ano letivo vai tentar encontrar solução definitiva.

Na EB 2/3 de Pontével, a chuva já levou à interrupção das aulas. "Não queremos deixar os miúdos sem aulas, mas acima de tudo temos de assegurar a segurança deles", disse o diretor do agrupamento, Luís Lourenço.

Autarca promete requalificação para o ano
Ao CM, o presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, explicou que nas últimas semanas foram feitas "duas intervenções nas coberturas da escola D. Sancho I, no sentido de acabar com as infiltrações e mitigar os riscos de segurança", mas reconhece que o problema está longe de ter ficado resolvido. O município espera ter a escola requalificada no arranque do próximo ano letivo, quando inaugurar o novo centro escolar de Pontével.


Caleiras entupidas e falta limpeza
Construída há 20 anos, a escola de Pontével nunca foi intervencionada e tem agora as "caleiras completamente entupidas e as coberturas a necessitarem de uma limpeza profunda", diz Luís Lourenço, diretor.

SAIBA MAIS
5601
Segundo o Censos 2011, as freguesias de Treixedo e de Pontével contavam 5601 habitantes. Em Pontével viviam 4614 pessoas, e em Treixedo 987.

D. Sancho I, o Povoador
Rei de Portugal de 1185 até à sua morte, em 1211. Promoveu o povoamento do País - destacando-se a fundação da cidade da Guarda. Morreu em Santarém.

Povoador Centro Escolar Norte Treixedo diretor Pontével D. Sancho I Santa Comba Dão Escola EB Cartaxo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)