Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Rebocadores preparam paralisação nacional para protestar contra preço do gasóleo

Empresa de reboques denunciam a "asfixia" que têm sentido com o "aumento exponencial" do preço do gasóleo.
Lusa 5 de Novembro de 2018 às 17:35
Greve de rebocadores
Associação Nacional do Ramo Automóvel
Greve de rebocadores
Associação Nacional do Ramo Automóvel
Greve de rebocadores
Associação Nacional do Ramo Automóvel

As empresas de reboques estão a preparar uma paralisação nacional, semelhante à realizada em 2008, para denunciar a "asfixia" que vêm sentindo com o "aumento exponencial" do preço do gasóleo, foi esta segunda-feira anunciado.

"Os rebocadores estão a preparar a organização e mobilização dos profissionais desta atividade com vista a uma paralisação nacional, à semelhança do que aconteceu no ano de 2008. Esse não é o cenário que o setor pretende, mas a falta de resposta e sensibilidade das companhias de assistência em viagem e das autoridades responsáveis não está a deixar alternativa", refere a Associação Nacional do Ramo Automóvel (ARAN) em comunicado.

Segundo a associação, as empresas que se dedicam à prestação de serviços através de veículos de pronto-socorro "têm vindo a confrontar-se com enormes dificuldades decorrentes do aumento exponencial do preço do gasóleo" e, se já viviam "um cenário muito complicado" quando os valores do combustível eram mais baixos, "hoje é praticamente impossível aos empresários conseguirem operar".

Associação Nacional do Ramo Automóvel ARAN economia negócios e finanças política transportes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)