Remédio Nolotil fica sob vigilância mais apertada em Portugal

Em Portugal foram notificados 11 casos em dez anos. Espanha proíbe prescrição a turistas.
Por Sónia Trigueirão|08.11.18
O consumo do analgésico metamizol magnésico, cujo o nome mais conhecido é o Nolotil, vai estar sob uma vigilância mais apertada em Portugal, segundo a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed).

Em causa está o facto de, em Espanha, ter sido recomendada a restrição da sua prescrição e da venda a turistas, por ter sido associado à morte de 10 britânicos, desde 2006.

Em agosto, a Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos Sanitários (AEMPS) abriu uma investigação para determinar se pessoas oriundas do Norte da Europa estão ou não mais expostas aos efeitos colaterais deste remédio, mas não foi possível apurar esse facto a 100 por cento. Mesmo assim foi decidida a sua restrição.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!