Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes

O truque utilizado é não apresentar preços nas ementas.
Catarina Figueiredo 1 de Agosto de 2017 às 11:20
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes com contas exorbitantes
É um caso que está a tornar-se polémico e as queixas continuam a "chover" nas redes sociais: há um restaurante lisboeta que está a ser acusado de enganar os clientes - sendo que os principais alvos são os turistas - cobrando preços exorbitantes por cada refeição.

Segundo estes clientes que se dizem lesados, o truque utilizado é não apresentar preços nas ementas. Quando questionados sobre os valores de cada prato os funcionários referem um preço médio aproximado, que no final acaba por ser um muito mais caro, por vezes a ultrapassar as centenas de euros.

Os portais de turismo como o Zomato e o TripAdvisor, bem como a página do próprio restaurante no Facebook, têm servido também de espaço de protesto.

O restaurante 'Made in Correeiros', na Rua dos Correeiros, na baixa de Lisboa, é o restaurante acusado deste tipo de práticas.

"Mandámos vir arroz de marisco, um prato que eles nos recomendaram. Apesar de não estar no menu pensámos que iria rondar os 30 euros, uma vez que o arroz de polvo - que estava no menu - custava 15. No final, o preço da refeição era de 250 euros! Inacreditável...", escreveu um turista revoltado com a situação na plataforma TripAdvisor.

Apesar do truque ser utilizada na maioria das vezes com clientes turistas, também vários portugueses já denunciaram a situação e queixaram-se de também terem sido enganados.

"Escondem os preços, impingem os pratos, depois recebe-se uma conta que dá para 10 bons jantares em qualquer outro restaurante de Lisboa. Fujam desta gente", escreveu um cliente português na plataforma Zomato.

Outra das grandes queixas apresentadas é o facto de o restaurante usar mais do que um nome. 'Portugal no Prato' é a forma como o restaurante é conhecido por alguns clientes.

"Roubalheira à bruta. NOTA: à porta o nome que aparece no letreiro é 'Made In Correeiros' exactamente para fugirem à 'má fama' que já têm de centenas de reviews a queixarem-se os clientes de serem verdadeiramente roubados", pode ler-se na caixa de comentários da plataforma Zomato. 

O CM tentou contactar os responsáveis do restaurante em causa, sem sucesso. A DECO confirmou à SÁBADO que "existem denúncias dos consumidores" e que está a averiguar a situação, colocando uma jurista a preparar o processo para enviar à ASAE. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)